Intercâmbio na Nova Zelândia: Estudo e trabalho

By in
Intercâmbio na Nova Zelândia: Estudo e trabalho

Você já pensou em fazer intercâmbio na Nova Zelândia? Que tal aprender inglês do outro lado do mundo? Além de belas paisagens, o país possui excelentes escolas de inglês para estrangeiros. Conheça mais o charmoso país que é conhecido por ser plano de fundo de filmes como O Hobbit, Senhor dos Anéis e Avatar.

Nova Zelândia e o combate ao coronavírus

Recentemente, a Nova Zelândia (NZ) ganhou destaques nas manchetes dos jornais do mundo todo, por ter sido apontado como um país que usou medidas rígidas e conseguiu erradicar o Covid-19. Desde o dia 04 de maio, que o país não registra mais casos de contágios locais de coronavírus.

A Nova Zelândia foi um dos primeiros países a anunciar o relaxamento das medidas de combate à propagação do Covid-19. Com abertura gradual de praticamente toda atividade econômica e social, o país manterá as normas de isolamento social. Diante desse cenário e da eficácia no combate à pandemia, a Nova Zelândia vem se tornando um destino cada vez mais desejado para os futuros intercambistas.

Enquanto as fronteiras não são reabertas e a sociedade ainda precisa viver sob medidas de proteção ao combate à doença, que tal conhecer um pouco mais sobre esse pequeno país e começar a planejar o seu intercâmbio para quando essa fase passar?

Intercâmbio

Se você sempre sonhou em vivenciar a experiência do intercâmbio, saiba que a NZ pode te proporcionar um estilo de vida tranquilo, imersão e aprimoramento do inglês, além da possibilidade de trabalho remunerado.

A duração do intercâmbio vai depender da sua disponibilidade de tempo e também financeira. Se você já tem noções de inglês, saiba que é possível fazer um curso profissionalizante voltado para sua área de atuação o Brasil e ainda conseguir uma experiência profissional enquanto estuda.

Aqueles que desejam estudar inglês e trabalhar legalmente no país, devem solicitar o visto de estudante. Para isso, é preciso estar matriculado em um curso de idioma de 20 horas de estudo por semana, com duração mínima de 14 semanas. 

Com a permissão de trabalho, os estudantes brasileiros poderão trabalhar 20 horas semanais, durante os estudos. Intercambistas que estiverem matriculados em cursos com duração superior de 12 meses, poderão trabalhar integralmente, durante as férias. 

As escolas de inglês na NZ seguem um rígido padrão de qualidade de acordo com regras estabelecidas pelo órgão governamental New Zealand Qualifications Authority (NZQA). As instituições de ensino só funcionam se forem aprovadas pelo Comitê dos Vice-Reitores da Nova Zelândia.

A Nova Zelândia não exige do turista ou intercambista brasileiro nenhuma vacina, porém é essencial um seguro saúde. O aconselhável é contratar um seguro viagem antes do seu embarque, assim ficará respaldado em caso de extravio de bagagem, atraso de voo ou se precisar utilizar os serviços de saúde no país. Para mais informações, entre em contato com o nosso setor especializado em seguro viagem.

Conheça mais Nova Zelândia

O país tem cerca de 5 milhões de habitantes e está localizado na Oceania. É um destino tranquilo para quem deseja aprender inglês e ter uma experiência cultural diferente. O país é formado por duas ilhas paradisíacas e receber intercambistas do mundo todo, amantes dos esportes e da natureza.

As 4 cidades mais famosas da NZ, são: Auckland (1,6 milhão de habitantes), Wellington (200 mil), Queenstown (317 mil) e Christchurch (20 mil). Cada cidade tem seu estilo próprio e vale a pena pesquisar sobre elas para ver qual se encaixa melhor com seu estilo de vida. 

Moeda: A moeda na Nova Zelândia é o Dólar neozelandês. A cotação de maio de 2020 é de 3,46 Real brasileiro para cada Dólar neozelandês. Fazer um intercâmbio na Nova Zelândia terá um investimento menor, muitas vezes a metade do valor de um curso nos Estados Unidos ou na Europa. Esse fator se dá, já que, atualmente, o Euro e o Dólar dispararam em relação à moeda nacional.

Visto: O visto é um dos principais documentos que o futuro estudante deve ter para conseguir entrar no país e viver legalmente. Quem possui o passaporte brasileiro não precisa de visto para permanecer no país por até 3 meses, mas é preciso uma autorização eletrônica (NZeTA), solicitada previamente, e pagar um imposto sobre a conversação e turismo (IVL). 

O visto tem validade de dois anos e custa 9 dólares neozelandês para quem solicitar por aplicativo e 12 dólares para aplicações feitas na web. Entretanto, quem pensa em permanecer mais tempo estudando e trabalhando, deve aplicar para o visto de estudante. Veja os formulários necessários para solicitação de visto:

  • Formulário on-line para Visto para Estudante (Student/Permit Application).
  • Formulário de Comprovação financeira (Financial Undertaking). Deve ser assinado pela pessoa que estiver financiando o curso e pelo gerente do banco.

Durante todo o período do intercâmbio, você poderá contar com o suporte da Agência Viajar Mais. Temos uma equipe de consultores especialistas que vão te orientar antes, durante e após o embarque. A VM também conta suporte psicológico para auxiliar o cliente, mediante avaliação.

Comece a preparar o seu intercâmbio agora, para quando tudo isso passar, você já esteja pronto para colocar os pés na estrada.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *