Intercâmbio é coisa de rico?

By in
Intercâmbio é coisa de rico?

O sonho de morar no exterior, aprender uma nova língua e cultura, faz parte dos desejos de muitos brasileiros. Porém, a vontade de fazer intercâmbio pode ser interrompida já que muitos acreditam que morar fora é programa de gente rica e nunca terá o investimento necessário para viver em outro país, mesmo que por um curto período.

Saiba que é possível sim você realizar o sonho do intercâmbio e que existem pacotes para todos os bolsos. Com um bom planejamento financeiro, se estudar em outro país for sua prioridade, esse desejo está mais perto de realizar do que você imagina.

Se você não tem uma reserva financeira e consegue poupar pouco por mês, então terá que se organizar, focar  no seu objetivo e não desistir até conseguir. Com força de vontade e dedicação, é possível passar uma temporada no exterior aprendendo um segundo idioma.

Optar por um intercâmbio de curta duração pode ser a saída para quem não dispõe de grandes verbas. Além disso, quando a temporada no exterior não é longa, a necessidade do visto de estudante e de comprovação de renda deixam de ser um problema.

Cresce o número de Brasileiros que querer deixar o país 

Veja algumas dicas de destinos e pacotes de intercâmbio que são mais econômicos e menos burocráticos. 

África do Sul

Já pensou em estudar inglês na África do Sul? Não? Então, vou te dar alguns motivos para escolher como destino do seu intercâmbio, a Cidade do Cabo, capital do país. Além de não precisar de visto para permanecer no país por até 90 dias, a moeda local é desvalorizada em relação ao real. 

Outra vantagem de aprender inglês na África do Sul é poder realizar um trabalho voluntário durante os estudos. Você pode frequentar a escola pela manhã e à tarde realizar tarefas comunitárias com crianças ou animais. Além disso, a Cidade do Cabo tem lindas praias e safaris para você se divertir nas horas vagas. 

Saiba como fazer um trabalho voluntário da África do Sul

Argentina 

Já pensou em aprender espanhol com os nossos vizinhos? Fazer um intercâmbio nos países da América do Sul é uma vantagem quando o assunto é dinheiro. As passagens para o nosso continente são mais baratas que para a Europa, além disso, a moeda local também ajuda na hora de converter os reais. 

Além de ser um país rico em cultura, a Argentina oferece ótimas escolas para brasileiros que querem aprender espanhol. Se você for animado, vai aprender espanhol dançando tango. Buenos Aires, capital do país, é charmosa por seus cafés, restaurantes e shows de tango. De manhã você pode frequentar às aulas e fazer amigos, nos restante do dia praticar o idioma turistando pela cidade.

Intercâmbio na América do Sul: aprenda espanhol gastando pouco

Colômbia

Hoje em dia, a Colômbia é um país bem diferente daquele da época de Pablo Escobar. Aprender espanhol neste país Latino Americano será uma experiência incrível, além da vantagem do sotaque colombiano. Os moradores locais têm uma pronúncia mais clara, o que facilita na hora de aprender e entender o idioma.

Você pode escolher cidades metropolitanas como Bogotá e Medellín, mas se você gosta de praia, calor e quer aproveitar o seu intercâmbio para curtir as férias, Cartagena das Índias vai te proporcionar uma viagem incrível. Qualquer que seja o destino escolhido, você vai aprender espanhol e se divertir ao mesmo tempo.

Quer aprender espanhol na Colômbia?

É possível adquirir pacotes de intercâmbio a partir  de duas semanas, com curso de idiomas e acomodação. Dessa forma o seu intercâmbio será econômico e vai caber no seu bolso. Além disso, a Viajar Mais oferece a possibilidade de parcelar o intercâmbio em até 30 dia antes do embarque.  Entre em contato com a nossa equipe solicite um orçamento para o seu destino favorito!

Como já falamos no início do texto, economizando e colocando como prioridade o desejo de estudar em outro país, você também consegue realizar esse sonho. Quer aprender como se planejar financeiramente para o intercâmbio? Então clique aqui e veja as dicas que separamos pra você.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *