Amsterdam: Roteiro de 3 Dias

By in
55
Amsterdam: Roteiro de 3 Dias

Se você vai a Amsterdam, tem apenas 3 dias, e é marinheiro de primeira viagem quando o assunto é a terra das bicicletinhas, esse texto é para você!

Construímos um roteiro otimizado, baseado nas atrações mais procuradas da cidade e algumas dicas não tão famosas mas que com certeza farão com que sua experiência em Amsterdam seja ainda mais incrível.

Amsterdam é um dos principais centros culturais e comerciais da Europa. Tendo como protagonista o Rio Amstel, a cidade conta em média 100 quilômetros de canais e mais de 1500 pontes.

A capital da Holanda é reconhecida mundialmente por estar um passo à frente com seu transporte sustentável, tolerância ao consumo moderado de drogas leves e legalização da profissão mais antiga do mundo.

Palco de uma das mais dramáticas histórias documentadas durante a Segunda Guerra, abriga a casa de Anne Frank e também o Museu do renomado pintor Vincent van Gogh.

Perdeu o fôlego?

Pois é, com esse breve resumo, você já pode perceber que conhecer Amsterdam é como entrar em uma cápsula do tempo, em que o presente se perde frente ao passado e futuro. Então, para que você não perca nada dessa viagem, seguem nossas dicas de como aproveitar 3 dias em Amsterdam!

tres-dias-em-amsterdam

Primeiro Dia:

  • Casa da Anne Frank

O diário de Anne Frank conta a história de uma família holandesa-judia que passou dois anos escondida em Amsterdam durante a ocupação Nazista das terras holandesas, tudo isso através dos olhos de uma criança.

Para visitar a casa onde morou Anne Frank, antes de ser capturada, você precisará de planejamento e sorte!

Os tickets são vendidos apenas pela internet e a busca deve começar com no mínimo dois meses de antecedência. Os tickets são de €10.50 e não oferecem descontos para estudantes.

  • Praça dos Museus (Museumplein)

Parada cultural obrigatória, em torno da Museumplein você encontra vários museus renomados, dentre os mais importantes:

  1. Museu Nacional ou Rijksmuseum, dedicado às artes e a história, é considerado o Louvre de holandês. As visitas completas duram em torno de 3 horas e os tickets podem ser adquiridos no local ou pelo site.
  2. Museu Van Gogh, sempre lotado, o museu é dedicado a biografia e trajetória do artista holandês. Para evitar horas e horas de filas, indicamos que você busque pelos tickets antecipadamente no site. As visitas levam em torno de 2
  • Vondelpark

Por fim, aproveite uma volta pelo principal parque urbano da cidade, que fica pertinho da Museumplein. O Vondelpark tem cerca de 47 hectares e recebe anualmente mais de 10 milhões de visitantes. Vale a pena uma volta de bicicleta atravessar o parque, conhecer o teatro a céu aberto e o playground.

roreito-viagem-amsterdam

Segundo Dia:

  • Dam Square

No coração de Amsterdam, você encontra a Praça DAM, construída em 1270 e a partir da qual toda a cidade teve origem.

A praça repleta de turistas (e pombos), abriga algumas das construções mais imponentes de Amsterdam, como o antigo Palácio Real, construído em 1648. Hoje utilizado apenas como prédio do governo, é aberto a visitação e por apenas €10 você consegue conhecer as dependências da família real holandesa.

Ao seu lado esquerdo encontra-se o famoso museu de cera Madame Tussauds, com tickets a €21.

E atravessando a rua, você encontra uma escultura imponente em homenagem às vítimas da Segunda Guerra Mundial, inaugurada em maio de 1956.

A DAM Square fica a pouco quarteirões da Estação Centraal e a poucos metros da Red Light. Nos arredores da praça você encontra ainda as principais lojas caracteristicas da Europa como, PRIMARK, BERSKA, H&M e as principais redes de fast food para aquele pit stop na hora da fome.

  • Heineken Experience

O tour de uma das cervejarias mais famosas do mundo é indispensável aos amantes da geladinha. Da fermentação a degustação, a Heineken proporciona aos seus visitantes uma experiência única e muito divertida, que com toda certeza valem seus €20.

É recomendado comprar os tickets online, a fim de evitar filas, mas também estão disponíveis para compra no local.

  • Passeio de Barco

Os canais de Amsterdam são belíssimos, seja para uma caminhada ou passeio de bicicleta. O charme das mais de 1500 pontes garantiram que os canais da cidade entrassem para a lista da UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Nosso conselho é que você tire uma horinha do seu dia e aprecie a vista de dentro de um dos incontáveis barquinhos que cruzam os canais. De preferência para os fins de tarde, quando o sol bate a fachada das casas e refletem na água. É de tirar o ar!

Você encontra passeios de 1 hora a partir €8.

Terceiro Dia:

  • Coffee Shop: Bulldog

Ainda que vocẽ não seja dos adeptos a maconha, ir a Amsterdam e não visitar um dos famosos coffee shops chega a ser uma afronta.

A Holanda é adepta a tolerância ao consumo próprio de drogas consideradas como leves, isso significa que você pode comprar/consumir o equivalente a 5g seja de maconha, hash ou os famosos cogumelos alucinógenos.

Para uma primeira experiência, indicamos que você procure um dos coffee shops da franquia Bulldog, a maior e mais antiga de Amsterdam e, se sentir a vontade, experimente um dos space cakes/brownies (+/- €7).

Mas atenção, não subestime o tamanho ou o sabor do bolinho, dívida com mais uma ou duas pessoas para garantir uma brisa boa e segura. Evite misturar.

  • Red Light District

Ultimo, mas não menos importante, reserve sua última parada da sua noite para a Red Light District.

No bairro mais comentado de Amsterdam, você passeia pelos canais iluminados por luzes coloridas, vindas das vitrines onde as garotas* de programa oferecem seus serviços.

Isso mesmo, na Holanda a prostituição é reconhecida e legalizada desde 1830.

Na Red Light você ainda encontra o mais antigo teatro erótico de Amsterdam, a Casa Rosso (€42 entrada), o Sex Museum (€5), além incontáveis sex shops, bordéis, strip clubs e shows de sexo, que para os curiosos, valem a visita.

Não há fiscalização de nenhuma documentação para passear pela áreas,o trânsito é livre mas não indicado para crianças. Também não é cobrada nenhuma taxa para a visitação, já que trata-se de um bairro residencial/comercial.

Atenção, pois existem algumas regras para uma boa experiência na Red Light District:

  • Não é permitido fotografar ou filmar as profissionais
  • É proibido consumir álcool na rua
  • Respeite o bairro e as pessoas que ali vivem e trabalham

dicas-viagem-amsterdam

Uma Última Dica:

Preste bastante atenção quando estiver fechando seu pacote de viagem para que você se hospede em um lugar de acordo com as suas expectativas.

A cidade é conhecida por sua versatilidade em transporte público.

Você pode chegar a região central por com os trenzinhos ou metrô, valor médio de €5 por dia. Alugar uma bicicleta por mais ou menos €15 ao dia. Ou optar por caminhar pelas ruas de Amsterdam, o que também é uma boa opção, já que você pode se perder na beleza dos canais no caminho até a sua atração.

Para mais textos e dicas como esta, acompanhe o nosso blog e redes sociais!

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *